fbpx

Entenda a relação entre mastite e a composição do leite

Publicado em: 30 de agosto, 2021
mastite

As perdas causadas pela mastite bovina compreendem desde a queda na produção de leite, leite descartado, gasto com medicamentos, descarte e reposição de animais, e até a morte. Somado a isso, ela provoca grandes alterações na composição dos principais nutrientes do leite como proteína, gordura, lactose e minerais. Tais mudanças ocorrem devido a três fatores principais:

– Liberação prejudicada desses componentes no leite que são sintetizados pela glândula mamária;

 – Aumento da permeabilidade dos vasos sanguíneos resultando no aumento da passagem de componentes do sangue para o leite;

– Mudanças associadas à resposta inflamatória.

O QUE ACONTECE COM CADA COMPONENTE?

PROTEÍNA

Os efeitos da mastite sobre as concentrações da proteína total são variáveis. Quantitativamente o esperado é a manutenção ou alterações muito pequenas desses níveis. Qualitativamente, o que acontece é uma queda na concentração da principal proteína do leite (caseína) e aumento de proteínas do soro sanguíneo, como as soroalbuminas, devido ao aumento da permeabilidade dos vasos sanguíneos.

GORDURA

Usualmente, a mastite reduz o teor de gordura total do leite, porém, os estudos têm revelado resultados variáveis, dependendo do agente causador da infecção.

LACTOSE

Sua concentração é reduzida, parte pela menor capacidade de síntese da glândula mamária e parte pela sua maior passagem do leite para o sangue.

MINERAIS

As concentrações dos minerais no leite sofrem uma grande influência na presença da mastite. Alguns desses elementos diminuem, como o Potássio (K), devido sua maior passagem para o sangue e o Cálcio (Ca), já que a maior parte dele está ligada à micela de caseína. De forma oposta, há os minerais que aumentam a concentração no leite, podemos destacar o Sódio (Na) e o Cloro (Cl).

Os impactos da alta CCS na produção de derivados lácteos são marcantes. Na tabela abaixo podemos observar o que pode acontecer com cada um desses derivados. Importante salientar que todas essas alterações impactam diretamente no rendimento industrial, que, por consequência, podem influenciar tanto o preço do produto final no mercado, como o próprio preço pago ao produtor.

CONCLUINDO:QUAL A RELAÇÃO ENTRE A MASTITE A QUALIDADE DO LEITE?

Tanto os agentes causadores da mastite quanto a intensidade da inflamação influenciam de forma importante no quanto os componentes do leite sofrerão alterações. Entretanto, geralmente podemos dizer que essas mudanças prejudicam a qualidade do leite, sendo assim, todos os esforços para a produção de um leite com qualidade superior trazem benefícios tanto para o produtor como para a indústria e o consumidor.

André Navarro- Médico Veterinário

1
WhatsApp icon
chamar no
WhatsApp